Seja bem-vindo(a) - 18 de junho de 2024

Acesse nossas Redes Sociais

Notícias

01/10 Notícias da Paróquia Falando sobre Bullying na catequese
Compartilhar

Projeto “Bullying não é brincadeira” aconteceu no mês de Setembro, com as turmas do último ano do Crisma na Matriz Santo Agostinho, realizado pela acadêmica de psicologia Vitória Trento Góis. O tema Bullying é vivenciado em sociedade de forma ampla e na catequese não é diferente, o tema em questão precisa ser debatido, analisado e principalmente falado nas salas para que os catequizandos possam entender que Bullying não é brincadeira!

Segundo Vitória, criar uma consciência nestes jovens para que eles possam identificar e interferir contra esse tipo de prática que muitas vezes são vistas como uma simples atitude de criança, que vai acontecendo despercebido, marcando gravemente a vida de pessoas que sofrem a agressão. Toda a comunidade deve ser envolvida, pois é neste espaço que estão sendo construídos os cidadãos do futuro. Para isso, precisam ser orientados a conviver com as diferenças, respeitando as particularidades de cada um e assim poderá construir uma sociedade digna e ética.

A comunidade religiosa é uma instituição que prepara o indivíduo não só para o campo espiritual, mas para vida em sociedade. Tendo a atenção voltada para esse assunto, que antes era conhecido como caçoar, tirar sarro e hoje conhecido como bullying, que na maioria das vezes, é visto como brincadeira própria do amadurecimento da criança. A interpretação equivocada desta prática vem ganhando terreno e se alastrando a cada dia, às vezes chegando a situações extremas, desenvolvendo sérios problemas de relacionamento, podendo, inclusive, contrair comportamento agressivo.

O assunto tema do encontro, gerou interação e participação dos catequizandos em dinâmicas e rodas de conversa, dentro das expectativas daquilo que a Bíblia nos fala “Amai-vos uns aos outros, assim como eu vos amei” (João 13,34 ), o tema abordado traz a preparação e auxilia no discernimento dos catequizandos, para que tais práticas se tornem cada vez menores e como poderão agir diante de situações que ocorram o Bullying.

Clique aqui para ver mais fotos

VEJA TAMBÉM